AS BOAS PRÁTICAS NA ÁREA DA ESTÉTICA

O esteticismo profissional é uma área que me interessa, particularmente, pois cada vez mais as boas práticas levam à estética de qualidade. E, foi sobre este tema que palestrei no 2.º Congresso Internacional de Esteticismo, inserido no evento da “In Beauty 2017”, que decorreu no passado dia 22 de outubro, no Meo Arena, em Lisboa, organizado pela ANEP (Associação Nacional de Esteticismo Profissional).

Ao longo de todo o meu percurso nesta área, sempre me preocupei em estar atualizada e garantir que, no desempenho do meu trabalho, ofereço um serviço estético profissional, pois sei que o meu profissionalismo é o meu cartão de visita.

Neste âmbito, procuro sempre investir na minha formação, pois acredito que a estética e as suas técnicas estão sempre em constante evolução. Desta forma, tenho realizado diversas formações tanto em Portugal, como na Europa e em alguns países de outros continentes.

Ressalvo que um bom profissional nesta área necessita de possuir conhecimentos diversos de anatomia, de fisiologia do sistema venolinfático, de princípios de físico-química aplicados aos cuidados de beleza, de dermacosmetica, de cosmetologia, entre muitas outras áreas.

Outro aspeto relevante é o estar bem vestido e ter o material esterilizado, quando se recebe o cliente em gabinete, de forma a mostrar que levamos o trabalho a sério e que vemos a estética e a beleza como fatores importantes no nosso dia a dia. É necessário existir uma preocupação com a imagem do próprio profissional, uma vez que assim transmitiremos confiança no trabalho que iremos realizar.

Para além da confiança, temos que mostrar que somos honestos e que quando alguém nos procura para um determinado serviço estético, devemos ser sinceros e elucidar o cliente do que realmente precisa. Há que ter bem presente que um bom profissional vende o produto ou tratamento adequados, respeitando sempre as escolhas do cliente, elucidando quais as melhores opções de tratamento, independentemente do lucro que irá obter.

Portanto, o respeito pelos desejos do cliente terá que estar sempre presente, pois só assim faremos um caminho seguro na tão vasta área da estética. E, por conseguinte, só respeitando todas as regras, alcançaremos a ética profissional, construindo um mercado sólido.

Vandressa Bueno (prof. Estética e Cosmética), Teresa Nunes (ANEP) e Tatiana Paganini (Make-up Artist), Izabel de Paula (Body Shaper).