LIPEDEMA, UMA DOENÇA POUCO CONHECIDA

Hoje venho falar-vos de uma doença, de nome Lipedema, muitas vezes confundida com a obesidade. Contudo, e por ser cada vez mais comum, principalmente nas mulheres, a ANDLINFA (Associação Nacional de Doentes Linfáticos) organizou, recentemente o 1.º evento internacional sobre o tema, em Portugal.

O quadro de oradores conteve fisioterapeutas, nutricionistas, médicos, psicólogos, entre muitas outras áreas relevantes para o estudo, tratamento e consciencialização do que é o Lipedema. Neste evento debateu-se a importância da consciencialização para que, tanto o especialista como o doente saibam e conheçam as características desta doença, pois nem sempre a cirurgia deverá ser a primeira opção.

Consequentemente, sou da opinião que também eu devo efetuar essa consciencialização às minhas clientes.

Deste modo, há que ter presente que esta doença é uma anomalia do tecido gordo, em que há uma acumulação crónica, progressiva e simétrica de gordura no tecido subcutâneo, com repercussões linfáticas e venosas, associada a causas hereditárias e hormonais.

O Lipedema torna-se visível ao nível das ancas e das pernas que aumentam de volume, ficando desproporcionais em relação ao resto do corpo. Este aumento pode causar dor ao tocar, sobretudo nas pernas, e pode atingir os braços, mas ao contrário dos linfedemas, não atinge os pés.

Fonte: aquashape.com

Na minha área profissional, utiliza-se um tratamento que pode ajudar ao não agravamento da doença e prevenir a sua evolução: a Drenagem Linfática Manual, em que de uma forma mais avançada, uso a minha técnica patenteada, o Leg Fit Express®.

A minha técnica consiste numa massagem, de modelação manual, criada com o objetivo de efetuar a reabilitação do sistema linfático e sanguíneo das pernas e das coxas. É um tratamento que tem por base a drenagem linfática, onde se inserem princípios ativos específicos que visam melhorar a circulação venosa e a linfática.

Esteja atento aos sintomas e procure um especialista, o quanto antes. A sua saúde linfática e venosa agradece.